December 21st, 2012

Atendimento a Clientes: Muito Blá-blá-blá e Pouca Ação

No Brasil temos o Comitê do Atendimento, a Associação do Atendimento, o Evento do Atendimento, etc. Todo mundo fala em atendimento, mas pouquíssimas empresas realmente se comprometem em respeitar o consumidor. Um bom atendimento custa dinheiro e tempo, mas é mais fácil e dá mais exposição pessoal pintar o cabelo da Xuxa ou patrocinar um show de cantor famoso.

O problema do atendimento no Brasil, que já beira o catastrófico especialmente em empresas de telefonia e TV a cabo, não é falta de livros, de seminários ou de teoria. É de falta de vontade. Vejam estes exemplos que vivencie nesta semana:

Hoje fiz uma review de um livro no site de audiobooks Audible, e como não gostei, dei apenas uma estrela. Qual foi minha surpresa, quando o site ofereceu que eu devolvesse o livro e ganhasse um reembolso no cartão. Mesmo tendo lido o livro todo, recebi o reembolso. Não foi um vale, foi em dinheiro mesmo.

Outra surpresa com bom atendimento: fiz uma review com nota baixa em um livro infantil que não formatava direito no Kindle. Nesta semana, recebo uma ligação de uma americana da editora, para me dizer que o livro foi consertado e que eu poderia baixá-lo novamente para corrigir o erro.

Ações simples, de efetivação rápida, mas que funcionam. Atendimento é isso, é ação. Pena que esta ação esteja acontecendo nos EUA e não aqui.

 

 

 

Blog . Marketing