November 28th, 2010

A Campanha “Se Aborrecer Para Que” Me Aborrece

CYAt.Image%20upload%202010-11-28%20at%2021%3A16.pngTem uma campanha de rádio que revela um vício terrível do marketing amadorístico de certas empresas.
A campanha se chama “se aborrecer para que”.  Lembro-me que é de uma empresa de seguros, mas qual delas não sei. Um dos locutores tem a língua presa. Ela tem uma veiculação imensa,  mas nenhum resultado para a empresa, cujo nome fica em segundo plano.

O vício ao qual me  refiro é a falta de diferencial do produto na campanha. Uma campanha que diz “faça seguro e não se aborreça”, poderia ser uma campanha de QUALQUER empresa de seguro. Quando  você faz uma campanha que incentiva o segmento ao invés da marca, quem lucra é o líder. Talvez a Porto Seguro (a campanha não é dela, isso eu sei) esteja vendendo mais. É como fazer uma campanha que diga “compre um carro, ele é legal, tem quatro rodas e anda”. Assinado empresa X.

Como uma agência apresenta uma coisa dessas e NINGUÉM do marketing questiona “o que a campanha diz sobre o meu produto?”, isso é um mistério para mim. Provavelmente nem eles saibam.
Como já recomendei anteriormente, se você se encontra nessa situação terrível, faça um comercial com mulher pelada ou um macaco de ponta-cabeça cantando um frevo. Nem de agência precisa.

É muita moleza ser a agência dessa empresa.

Posted via email from Rápidas do Pensando Marketing

 

Rápidas